Marca do CRQ para impressão
Disponível em <https://crqsp.org.br/sistema-cfq-crqs-apresenta-agenda-legislativa-no-congresso/>.
Acesso em 21/06/2024 às 19h47.

Sistema CFQ/CRQs apresenta Agenda Legislativa no Congresso

Sistema CFQ/CRQs apresenta Agenda Legislativa no Congresso

Ação ocorreu dia 21, no Salão Nobre da Câmara dos Deputados

24 de maio de 2024, às 15h14 - Tempo de leitura aproximado: 1 minuto

O Sistema CFQ/CRQs lançou terça-feira, dia 21/05,  no Salão Nobre da Câmara dos Deputados, a Agenda Legislativa de 2024. O documento guiará a atuação da instituição junto aos deputados e senadores, em interlocução com a Frente Parlamentar da Química.

Promoção da sustentabilidade é uma das pautas da agenda, destacou Oliveira Filho

Estamos motivados a continuar essa experiência exitosa dos anos anteriores para promover a pauta do CFQ e projetos voltados aos Profissionais da Química, afirmou o presidente do Conselho Federal de Química (CFQ), José de Ribamar de Oliveira Filho. Ele também destacou a relevância da Agenda Legislativa para promover pautas como a da sustentabilidade.

O presidente do Conselho Regional de Química da 14ª Região e coordenador do Comitê de Relações Institucionais e Governamentais  (CRIG), Gilson Mascarenhas, destacou que as propostas tratam de temas relevantes que envolvem a área da Química e a valorização de seus profissionais.

Entre as proposições apoiadas pelo CFQ estão as que abordam a produção de hidrogênio sustentável, a cannabis medicinal e a oferta de cursos a distância. Nós, membros do CRIG, temos o privilégio de estar em contato direto com as demandas do Sistema e com os deputados, salientou Mascarenhas.

O deputado federal Afonso Motta (PDT-RS), presidente da Frente Parlamentar da Química (FPQ), afirmou que trabalhará para promover a Agenda na Casa e garantir que as propostas sejam aprovadas. “Trabalhamos para a Química entusiasmados. Podem ter certeza: a Agenda Legislativa é o nosso referencial aqui na Câmara. Tem questões complexas que temos obrigação de acompanhar”,  disse.

Com informações do Conselho Federal de Química

Compartilhar