Marca do CRQ para impressão
Disponível em <https://crqsp.org.br/quimtec-apesenta-medidas-eficazes-para-o-controle-de-pragas/>.
Acesso em 13/04/2024 às 20h10.

Quimtec apesenta medidas eficazes para o controle de pragas

Quimtec apesenta medidas eficazes para o controle de pragas

Evento on-line promovido pelo CFQ reuniu especialistas que mostraram soluções para o controle de pragas e vetores, especialmente em condições climáticas adversas.

15 de março de 2024, às 10h52 - Tempo de leitura aproximado: 2 minutos

Foto: divulgação

 

“Controle de Pragas e Vetores”  foi o tema do primeiro Quimtec do ano, transmitido ontem (13) ao vivo pelo Conselho Federal de Química pelo canal da entidade no YouTube. O tema foi explorado por especialistas, trazendo à tona métodos e princípios essenciais para lidar com esse desafio crescente. O evento ganhou destaque ao apresentar medidas preventivas e soluções eficazes para o controle de pragas e vetores, especialmente em condições climáticas adversas.

O palestrante Leonardo Augusto Linck, profissional experiente na área Química, desempenhando atualmente o papel de diretor técnico P&D na Jimo Química Industrial Ltda., compartilhou sua visão sobre os elementos críticos para o sucesso no controle de pragas. “É preciso conhecer os 4As (acesso, abrigo, alimento e água). Toda praga precisa ter acesso para entrar no ambiente, por exemplo. Controlando esse acesso dentro de casa, já não vai ter praga”, afirmou Linck. Ele também ressaltou a importância de identificar e eliminar os pontos de entrada das pragas, além de privá-las de recursos básicos para sua sobrevivência.

Linck também enfatizou a importância de cumprir a legislação vigente ao realizar serviços de controle de pragas. Entre os serviços permitidos, destacam-se desinsetização para controle, desratização, descupinização, controle de abelhas, marimbondos, aracnídeos, morcegos, e manejo de pombos, todos essenciais para garantir ambientes seguros e livres de vetores de doenças.

Outro ponto crucial discutido foi a escolha dos princípios ativos nos produtos utilizados. “É importante utilizar produtos devidamente registrados que tenham indicado qual o princípio ativo e qual praga se aplica”, frisou Linck, destacando a necessidade de produtos seguros e eficazes no combate às pragas.

Origem dos produtos químicos

Sergio Bocalini, vice-presidente da Associação dos Controladores de Vetores e Pragas Urbanas (APRAG) – entidade parceira do CFQ na elaboração das cartilhas de enchentes –, abordou aspectos históricos, comentando sobre o impacto do uso indiscriminado de produtos químicos no passado e evidenciando os riscos para a saúde humana e o meio ambiente. “Desde a Segunda Guerra Mundial até os dias atuais, a ciência tem mostrado o caminho para um controle de pragas mais consciente e sustentável”, afirmou Bocalini.

Dilceu Scapinello, presidente da APRAG, falou da importância do uso consciente de inseticidas e destacou a colaboração da entidade na elaboração de cartilhas, como as voltadas para o controle de pragas em enchentes. Acesse a cartilha aqui.

Por fim, o conselheiro federal Rodrigo Moura enfatizou a responsabilidade do Profissional da Química em conhecer e cumprir a legislação, destacando o papel fundamental do QuimTec como uma ferramenta de valorização e capacitação desses profissionais. “O Profissional da Química deve conhecer a sua legislação. São responsabilidades assumidas e devemos entender a amplitude delas. O Quimtec é um trabalho de valorização dos Profissionais da área Química e, por isso, é fundamental nos eventos técnicos falar de legislação”, finalizou.

O evento  foi mediado pela conselheira federal Raquel Fiori, doutoranda na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), cujo vasto currículo inclui licenciatura em Ciências de 1º Grau, licenciatura em Química de 2º Grau e graduação em Química Tecnológica, Industrial e Bacharel pela PUC-RS, além de especialização e mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos no ICTA /UFRGS.

Clique aqui para assistir o encontro na íntegra.

Compartilhar