Marca do CRQ para impressão
Disponível em <https://crqsp.org.br/na-abertura-de-evento-da-abracerva-cfq-reforca-papel-do-profissional-da-quimica/>.
Acesso em 23/05/2024 às 05h30.

Durante evento da Abracerva, CFQ reforça papel do profissional da Química

Durante evento da Abracerva, CFQ reforça papel do profissional da Química

Encontro sobre cervejas aconteceu nos dias 7 e 8, em São Paulo

11 de setembro de 2023, às 10h27 - Tempo de leitura aproximado: 2 minutos

A conselheira federal Suely Schuh reforçou a importância do profissional da Química no setor


Com a participação do Sistema CFQ/CRQs na condição de patrocinador, ocorreu nos dias 7 e 8 de setembro, em São Paulo, o Encontro do Mundo de Cervejas Ácidas Complexas Brasileiras e Sul-Americanas – 2º Encontro Selvagem. O evento foi realizado pela Associação Brasileira de Cerveja Artesanal (Abracerva) e aconteceu na Cervejaria Tarantino, no bairro Jardim das Graças.

Na cerimônia de abertura, o Conselho Federal de Química (CFQ) esteve representado pela conselheira federal Suely Schuh. Ela integra a Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Cerveja do Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) e destacou o papel do profissional da Química na indústria das cervejas artesanais.

“Desde março de 2022, integro a Câmara Setorial do Ministério da Agricultura para a indústria cervejeira, como representante do Sistema CFQ/CRQs, e tenho acompanhado a pujança do segmento desde as grandes cervejarias até as menores, artesanais, que produzem bebidas para um público mais seleto, exigente e que prioriza a qualidade em suas decisões de consumo”, afirmou Suely.

Ela complementou, lembrando do papel do Sistema CFQ/CRQs junto à cadeia produtiva e salientando que o conselho protege o consumidor e também os profissionais qualificados. “O CFQ, ao mesmo tempo que protege a sociedade e os profissionais, evitando que pessoas sem a devida qualificação exerçam a Química colocando em risco o consumidor e a credibilidade das empresas, também atua para promover a Química e suas inúmeras possibilidades na construção de uma nova realidade para o Brasil”, afirmou.

Além de Suely, participaram da abertura do evento o presidente da Abracerva, Gilberto Tarantino; Diego Rzatki, pela comissão organizadora; além de André Junqueira e Bia Amorim, como co-curadores.

Tarantino falou das potencialidades da cerveja artesanal brasileira e destacou o peso da participação dos profissionais da Química nesse segmento. “Só no Estado de São Paulo temos 380 cervejarias. A Abracerva tem como objetivo fomentar a cultura cervejeira para o Brasil inteiro e, para isso, estamos realizando o projeto Conexão Cerveja Brasil. A gente se sente feliz porque existe muita cerveja boa no Brasil, que têm identidade e carregam o nome do país mundo afora. Esse evento aqui é uma celebração disso, de que não seria possível realizá-lo com essa qualidade sem o apoio do Conselho Federal de Química”, pontuou Tarantino.

O 2º Encontro Selvagem foi marcado por palestras, cursos e mesas redondas com produtores, cientistas, chefs de cozinha, sommeliers e diferentes profissionais do Brasil e do exterior. Eles dialogaram sobre cervejas ácidas complexas, brasileiras e sul-americanas. No dia 9 de setembro, aconteceu ainda a 1ª Feira Selvagem, um espaço voltado para degustações e networking com produtores nacionais e internacionais.

 

Com informações do CFQ

Compartilhar