Marca do CRQ para impressão
Disponível em <https://crqsp.org.br/live-explica-como-elaborar-uma-ficha-com-dados-de-seguranca/>.
Acesso em 24/05/2024 às 14h14.

Live explica como elaborar uma Ficha com Dados de Segurança

Live explica como elaborar uma Ficha com Dados de Segurança

Evento ocorrerá em 24 de outubro, às 14h, e terá como foco a Norma ABNT NBR 14.725 de 2023

23 de outubro de 2023, às 16h46 - Tempo de leitura aproximado: 1 minuto

Nesta terça-feira, 24, a Comissão Técnica de Segurança Química do CRQ-IV/SP realizará uma live para tratar sobre um tema essencial e que gera muitas dúvidas: “Como elaborar uma Ficha com Dados de Segurança (FDS/FISPQ)”. Serão apresentadas informações atualizadas, com base na última publicação da Norma ABNT NBR 14.725 de 2023. A live será transmitida pelo canal do Conselho no YouTube.

Estarão em pauta as etapas para elaboração de uma Ficha com Dados de Segurança (antiga FISPQ) robusta e completa, alinhada com os requisitos da Norma ABNT NBR 14725/2023; avaliação e comunicação de perigos e riscos, com apresentação de conceitos essenciais que sustentam a segurança química e sua importância nas diversas esferas profissionais; os pilares do Sistema Globalmente Harmonizado de Classificação e Rotulagem de Produtos Químicos (GHS) e sua relação com as regulamentações legais vigentes; como identificar os especialistas que desempenham um papel crucial na construção da FDS e compreender sua influência na garantia da segurança no ambiente químico.

Os temas serão abordados pelo Químico Gilmar Trivelato e pelo Engenheiro Ambiental Marcus da Mata. Entre outras atuações, Trivelato participa de grupos de trabalho para revisão de normas regulamentadoras do Ministério do Trabalho e Emprego e na implantação do Sistema Globalmente Harmonizado de Classificação de Produtos Químicos e Comunicação de Perigos (GHS). Ele também é consultor do UNITAR – United Nations Institute for Training and Research para a implementação do GHS na América Latina. Da Mata atua como Diretor Executivo no Brasil da empresa de tecnologia LISAM, cujo principal negócio é oferecer software para automação da elaboração de documentos de segurança em conformidade com regulamentações de diversos países. Ele já participou de projetos como a implementação do Sistema de Informação sobre Risco de Exposição Química (Siretox/Sireq), em 2001, e o teste de compreensibilidade do Sistema Harmonizado Globalmente (GHS) no Brasil, em 2007.

Os participantes que acompanharem a live ao vivo e forem inscritos no canal do Conselho terão direito a certificado de participação. Clique aqui para ser direcionado ao YouTube. Mais informações sobre os palestrantes estão disponíveis na descrição do vídeo.

Compartilhar