Marca do CRQ para impressão
Disponível em <https://crqsp.org.br/cerimonia-celebrou-o-dia-do-profissional-da-quimica/>.
Acesso em 03/03/2024 às 13h06.

Cerimônia celebrou o Dia do Profissional da Química

Cerimônia celebrou o Dia do Profissional da Química

Evento realizado dia 16/06, na Alesp, reuniu em torno de 150 pessoas, prestou contas e entregou prêmios

20 de junho de 2023, às 14h06 - Tempo de leitura aproximado: 11 minutos

Deputado Luiz Fernando Teixeira e o presidente do CRQ-IV/SP, Hans Viertler, na mesa de abertura da cerimônia

 

Ao redor de 150 profissionais, estudantes, seus familiares e representantes de entidades acadêmicas e empresariais ligados ao setor químico participaram do ato solene promovido na última sexta-feira, dia 16/06, às 19h, pelo CRQ-IV/SP no auditório Paulo Kobayashi, da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp). A abertura do ato solene foi feita pelo deputado Luiz Fernando Teixeira (PT), coordenador da Frente Parlamentar da Indústria Química e Farmacêutica, que viabilizou junto à direção da Alesp a cessão do espaço para a realização do evento.

Ao lado do presidente do Conselho, Hans Viertler, Teixeira – que no final deste mês assumirá mais um mandato como coordenador da Frente Parlamentar – disse que a Química é uma das mais importantes carreiras profissionais do mercado. “O Químico hoje é o responsável pelo o que nós vamos comer, beber e produzir. A indústria química é a indústria das indústrias: você não produz um carro, um medicamento, um combustível, um alimento, você não levanta uma casa se não houver uma indústria química [fornecendo os insumos]”, afirmou.

Apesar da relevância, o parlamentar avaliou que o setor vem sendo tratado com muita desídia e irresponsabilidade pelos gestores públicos. “Nós acompanhamos no governo que se encerrou a falta de investimento em pesquisa, na produção, o negacionismo e o Brasil deu passos largos para trás. Nós precisamos voltar a investir para reindustrializar este País […] e não faremos isso se não tivermos uma atenção especial sobretudo à [indústria] química”, afirmou.

“Eu tinha preparado todo um discurso para falar com vocês, mas prefiro dizer do meu comprometimento com esse setor, com vocês profissionais. Precisamos investir mais em pesquisa, seja através de nossas universidades, de cursos técnicos. E nesta Casa, eu quero assumir de público […] o compromisso de zelar pela valorização da Química. Quero parabenizar todos os Químicos do Brasil e dizer que nós precisamos muito de vocês”, finalizou.

Por sua vez, o presidente Hans Viertler agradeceu ao deputado “pelas suas fortes declarações de apoiar mais a Química”. Houve uma época, disse, “em que estávamos entre os primeiros do mundo, mas depois caímos … sei lá eu onde paramos”. O presidente do CRQ-IV/SP agradeceu os esforços de Teixeira junto à direção da Assembleia para viabilizar a cerimônia e aproveitou o ensejo para lhe desejar muito sucesso no novo período na coordenação da Frente Parlamentar em defesa do setor.

Viertler ressaltou que o CRQ-IV/SP trabalha incansavelmente em favor da valorização da Química, seus profissionais e da expansão do conhecimento. Por isso, disse que queria compartilhar algumas alterações que aconteceram durante o ano que passou.

Mudanças foram implantadas, afirmou. A primeira delas foi a disponibilização de um novo site, que oferece ferramentas para que os profissionais, empresas e estudantes encontrem tudo o que buscam, como informações técnicas, obtenção de documentos de forma on-line e, entre outros, uma extensa lista de cursos e eventos. Citou a plataforma MeuCRQSP, que é uma ferramenta já disponível no site, destinada à modernização de todos os processos de profissionais e empresas, tornando-os mais ágeis.

Também destacou o investimento nas redes sociais com vistas à ampliar a comunicação da entidade com seu público, oferecendo informações, atualizações, depoimentos de especialistas e materiais de interesse para todos.

Viertler afirmou que o Conselho segue estimulando a formação de Comissões Técnicas, que são grupos de profissionais especialistas em suas áreas de atuação. Além de darem suporte ao Plenário em determinadas situações, esses grupos dividem seu conhecimento com os demais profissionais interessados por meio de oferta de cursos, lives e produção de materiais técnicos.

Atualmente o Conselho tem 16 Comissões Técnicas, algumas delas em funcionamento há 20 anos. Viertler destacou a importância de as comissões terem coordenadores, indicando que eles são fundamentais para que elas funcionem e sejam duradouras. Os coordenadores são Profissionais da Química, empregados do setor de Fiscalização do CRQ-IV/SP.

O presidente do Conselho encerrou seu pronunciamento lembrando que a entidade paulista é a maior do País, agregando ao redor de 95 mil profissionais e 14 mil empresas. “Esses números dão uma ideia da dimensão do nosso trabalho e de seu impacto na vida da população”, comparou.

 

A chefe do setor de Fiscalização, Andrea Mariano, apresentou dados mostrando a evolução do Conselho

 

A seguir, a Engenheira Química Andrea Mariano, gerente do setor de Fiscalização, apresentou uma série de ações implementadas pelo Conselho no último ano visando a modernização de suas atividades e a ampliação do apoio da entidade aos profissionais, empresas, estudantes e instituições de ensino da área.

Depois, a Química Industrial Ligia Maria Sendas Rocha, também do setor de Fiscalização, traçou um histórico das Comissões Técnicas, destacando que as mais antigas – que estão completando duas décadas de atividades – foram criadas inicialmente para a defesa do mercado de trabalho dos profissionais que atuavam, na época, em indústrias de medicamentos e cosméticos.

 

A Química Industrial Lígia Maria Sendas Rocha traçou um histórico sobre as Comissões Técnicas

 

Após a sua apresentação, foram homenageados com uma placa comemorativa os profissionais Eldinaldo Almeida de Sobral (que não pôde comparecer) e Toshio Ida, pioneiros da Comissão Técnica de Química Farmacêutica (CTQFAR). A seguir foi a vez dos professores Célia Maria Alem de Oliveira, Luis Henrique Sassa e Marta Elisa Bergamo, integrantes há 20 anos da Comissão de Ensino Técnico (CTET). Por fim, foram parabenizados pelas duas décadas de atuação na Comissão Técnica de Cosméticos (CTCOS) os profissionais Carlos Alberto Trevisan e Rubens Brambilla (que também não pôde comparecer).

 

Ladeado por Carlos Eduardo de Jesus e Aislan Balzan, o Engenheiro Químico Toshio Ida, há 20 anos na CTQFAR

 

Da esquerda para a direita, Klaus Engelmann, Luis Henrique Sassa, Célia Maria Alem de Oliveira, Marta Elisa Bergamo e Patrícia Orri, da CTEC

 

Ao centro, o Engenheiro Químico Carlos Alberto Trevisan, tendo ao lado as coordenadoras da CTCOS, Enilce Maurano Oetterer e Patrícia Orii

 

Estudantes – Os estudantes e seus professores foram os homenageados na parte seguinte da cerimônia. Inicialmente, receberam placas de honra ao mérito os alunos que se destacaram na Olimpíada de Química de São Paulo deste ano, evento organizado pela seção paulista da Associação Brasileira de Química (ABQ). Depois de mostrar os principais objetivos dessa competição acadêmica, o professor Mauro Bertotti, titular do Instituto de Química da USP e presidente da ABQ-SP, fez a entrega das placas de honra ao mérito aos estudantes João Vitor Tavella Leal, da 3ª série do Liceu Jardim, de Santo André, que foi orientado pelo professor Igor Eduardo Rizzo, e Alexandre Andrade de Almeida, da 2ª série do Colégio Objetivo Integrado, da Capital, que teve a orientação do professor Carlos Alberto Pereira Domingues.

Os professores Igor Rizzo (orientador), Mauro Bertotti (ABQ-SP) e o estudante João Vitor Tavella Leal

 

Professores Carlos Alberto Domingues (orientador) e Mauro Bertotti (ABQ-SP) com o estudante Alexandre Andrade de Almeida

 

Este ano, a ABQ-SP também premiou os melhores competidores oriundos de escolas públicas. Nessa modalidade, foram contemplados a aluna Gabriela Puri Alvim Gonzalez, da 3ª série da ETEC de Suzano, que estudou para Olimpíada sob a orientação do professor Ricardo Alexandre Pereira. Ambos não puderam comparecer ao evento. A outra placa de honra ao mérito para essa modalidade foi entregue ao aluno Hugo Gomes Soares, da 2ª série do Colégio Técnico da Unicamp, de Campinas. Ele foi orientado pela professora Ana Paula de Lima Barbosa.

O estudante do Colégio Técnico da Unicamp, Hugo Gomes Soares foi mais um premiado na modalidade “Destaque Escola Pública”. A professora Ana Paula Barbosa, sua orientadora, está ao lado do professor Mauro Bertotti

 

Além das placas de honra ao mérito, os mais bem colocados da OQSP receberam prêmios em dinheiro e medalhas de ouro, prata ou bronze, dependendo da classificação, durante evento de encerramento ocorrido dia 10 de junho no Instituto de Química da USP.

A parte final da cerimônia foi reservada à entrega do Prêmio CRQ-IV. Criado na década de 1970 pelo Conselho Regional de Química de São Paulo e oferecido sem interrupções desde 1998, o concurso público destina-se a premiar os melhores trabalhos produzidos por estudantes de cursos técnicos e superiores da área técnica ministrados na jurisdição do Regional. O prêmio é dividido em três modalidades: Química de Nível Médio (cursos técnicos), Química de Nível Superior (cursos tecnológicos, licenciaturas e bacharelados) e Engenharias da Área da Química. Os alunos vencedores em cada modalidade recebem um certificado e a importância de R$ 6 mil. Já os seus orientadores também ganham um certificado e R$ 4 mil. No caso dos trabalhos feitos em grupo (máximo de três estudantes e dois orientadores), os prêmios em dinheiro devem ser divididos a critério de seus integrantes. As escolas de origem dos ganhadores também recebem um certificado.

 

Alunos da ETEC Irmã Agostina conquistaram pela terceira vez consecutiva o Prêmio CRQ-IV, modalidade Química de Nível Médio. Os certificados foram entregues pelo anfitrião, deputado Luiz Fernando Teixeira

 

Na modalidade Química de Nível Médio, pela terceira vez consecutiva, foi vencedor um trabalho elaborado por estudantes da Escola Técnica Irmã Agostina, da Capital. Sob a orientação dos professores Fábio Rizzo de Aguiar e Thais Taciano dos Santos, o grupo formado pelos alunos Vinícius Bellini Batistelli, Paulo Sergio de Souza Santos e Rafael Carvalho Souza apresentou o trabalho “Titulador automático controlado por Arduino®. Os certificados que simbolizam a conquista do prêmio foram entregues pelo deputado Luiz Fernando Teixeira. A escola foi representada pela diretora Rosana Aparecida Martins e Araújo e pelo coordenador pedagógico Álvaro Mendes da Rocha

O grupo vencedor do Prêmio CRQ-IV, modalidade Química de Nível Superior veio do Instituto de Química da Unicamp. Os certificados foram entregues pelo presidente do Conselho, Hans Viertler

 

Coube ao presidente Hans Viertler entregar o prêmio na modalidade Química de Nível Superior às alunas do Instituto de Química da Universidade Estadual de Campinas (IQ-Unicamp) Mayra Venturini Paschoarelli e Paula Cristine Rocha Corsato, que sob a orientação do professor William Reis de Araújo produziram o trabalho intitulado “Detecção eletroquímica na ponta dos dedos: sensor em luvas para aplicações forenses e ambientais”. O professor Ítalo Odone Mazalli, coordenador de graduação do IQ-Unicamp recebeu o certificado destinado à universidade.

Estudantes de Engenharia da Área Química não puderam participar este ano do Prêmio CRQ-IV. Isso porque, conforme previa o regulamento, eram necessárias a apresentação de pelo menos cinco inscrições para que os trabalhos fossem avaliados, mas apenas dois foram inscritos. Cabe ressaltar que alguns trabalhos das demais modalidade também foram desclassificados sem avaliação das comissões julgadoras por não terem cumpridos exigências do regulamento. Algumas delas, aliás, bem básicas, como erros no preenchimento das fichas de inscrição.

Coquetel – A cerimônia foi acompanhada por representantes do Sistema CFQ/CRQs e dirigentes de entidades empresariais paulistas. Estavam no encontro Gilson da Costa Mascarenhas, presidente do CRQ 14ª Região (Amazonas, Acre, Rondônia e Roraima); Luiz Rodrigues Pereira, vice-presidente do CRQ 2ª Região (MG); e Antonio Lannes Jrº, assessor de Relações Institucionais e Governamentais do Conselho Federal de Química. O evento também foi prestigiado pela professora Shirley Nakagaki, presidente da Sociedade Brasileira de Química; por Alessandro Kikuchi, representante do vereador Aurélio Nomura; Antonio França, presidente da Federação Brasileira das Associações de Controladores de Vetores e Pragas Sinantrópicas (Feprag); Dilceu Scapinello, presidente da Associação dos Controladores de Vetores e Pragas Urbanas de São Paulo (Aprag); e Paulo Cesar de Aguiar, presidente-executivo do Sindicato da Indústria de Tintas e Vernizes do Estado de São Paulo. 

Após o término do cerimônia, o público foi convidado a participar de um coquetel oferecido pelo Sindicato dos Químicos, Químicos Industriais e Engenheiros Químicos de São Paulo (Sinquisp).

A cerimônia foi transmitida ao vivo pela TV Alesp, pelo canal da Alesp no YouTube e também pelo canal do CRQ-IV/SP na mesma rede social. Clique no ícone abaixo para assistir ao evento.

 

 

 

 

Compartilhar