Marca do CRQ para impressão
Disponível em <https://crqsp.org.br/borracha-vocabulario/>.
Acesso em 23/05/2024 às 05h37.

Borracha – Vocabulário

Borracha – Vocabulário

Borracha -nome genérico de qualquer classe de materiais, independente da origem, que tenham propriedades de um elastômero, polímeros que apresentam deformações reversíveis.

Borracha natural (NR) – elastômero natural obtido por coagulação do látex de árvores do gênero Hevea brasiliensis (seringueira) e constituído basicamente de unidades estruturais tipo cis-1,4-poliisopreno.

Borrachas sintéticas – são materiais poliméricos que possuem capacidade de retornar à forma original quando submetidos a um esforço ou deformação externa. Foram desenvolvidos no início do século XX como substitutos da borracha natural. A partir da primeira borracha sintética (SBR), um copolímero de estireno e butadieno, surgiram diversos tipos de borrachas sintéticas.

Borracha termoplástica (TPE) – é formada por elastômeros termoplásticos à base de copolímeros estirênicos que reúne as características da borracha e do plástico. Com ela são feitos materiais flexíveis e agradáveis ao toque, como a borracha, que podem ser processados por injeção ou por extrusão, como os termoplásticos.

Calandragem – processo de moldagem, no qual uma composição polimérica moldável é passada entre uma série de cilindros dispostos verticalmente, para formar uma lâmina. Este processo permite laminar compostos, impregnar e recobrir de borracha um suporte têxtil e é largamente utilizado para a fabricação de pneumáticos, correias transportadoras e artigos esportivos.

Copolímero – polímero derivado de mais de uma espécie de monômero.

Elasticidade – propriedade que descreve o comportamento de sólidos de recuperarem-se de deformações, após cessado o efeito causador.

Elastômero – nome genérico para polímeros que apresentam elasticidade do tipo borracha, isto é, apresentam grande deformação elástica reversível. O termo elastômero é aplicado tanto às matérias-primas como aos artefatos com ela produzidos.

Monômero – substância química, unidade básica, que dá origem a um polímero.

Pirólise – decomposição de substâncias orgânicas provocada pelo calor na ausência de ar.

Polímero – substância constituída de moléculas formadas a partir de uma mesma unidade estrutural, repetida um grande número de vezes, ligadas quimicamente entre si.

Polimerização – processo de conversão de um monômero ou de uma mistura de monômeros em um polímero.

Resiliência – propriedade que alguns corpos apresentam de retornar à forma original após terem sido submetidos a uma deformação elástica.

Vulcanização – tratamento químico com enxofre que reduz o fluxo entre as moléculas do elastômero, aumentando sua resistência à tensão e seu módulo de elasticidade, e preservando sua extensibilidade.

Compartilhar